quinta-feira, maio 23, 2024

Pará iniciou Vacinação contra Gripe e Sarampo

Com o início da primeira Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe e Sarampo de 2022, nesta segunda-feira (4), a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) anuncia a intensificação da imunização da população do Pará com as vacinas tríplice viral contra o sarampo e influenza contra a gripe.

No ano de 2021, a campanha de vacinação contra gripe no Estado atingiu 90,53% da parcela da população que deveria receber a dose de imunização. Já a tríplice viral, que combate o sarampo, foi aplicada em 60,36% do público-alvo da campanha. Para a campanha de 2022, a meta do Estado do Pará é imunizar 2.660.833 pessoas.

O secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho, reforça o trabalho que a Sespa fará de suporte aos municípios para o êxito da campanha no Pará: “Sabemos que a Covid-19 tirou um pouco do foco de atenção da população para outras doenças contagiosas, que devem ser combatidas através de vacina. Nosso objetivo é aproveitar esta campanha do Ministério da Saúde e dar todo o apoio logístico aos nossos munícipios para vacinar toda a população que deve receber a imunização”, declarou.

A Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe e Sarampo será dividida em duas etapas. A primeira etapa da campanha se inicia hoje, dia 4 de abril, e vai até o dia 2 de maio, a segunda etapa irá do dia 3 de maio até 3 de junho.

Nesta primeira etapa, o foco da vacinação será a população acima de 60 anos e trabalhadores da área de saúde. Os idosos receberão apenas a vacina contra a gripe (influenza), enquanto os trabalhadores da área de saúde receberão as duas vacinas oferecidas na campanha.

Na segunda etapa, a campanha se destinará a imunizar crianças acima de 6 meses até os 5 anos de idade, também as gestantes e puérperas, população indígena, professores, pessoas com deficiência, membros das forças armadas e de segurança, profissionais motoristas de transportes rodoviários como ônibus e caminhões, trabalhadores de portos e do sistema prisional, além da população privada de liberdade.

A Sespa comunica que, no caso da vacinação contra gripe, as pessoas que estiverem apresentando sintomas da doença devem aguardar o fim do quadro gripal para receber a vacina.

A vacina tríplice viral, aplicada contra o sarampo, pode ser tomada simultaneamente com todas as outras vacinas presentes no calendário nacional de vacinação, inclusive contra a Covid-19 e contra gripe.

*Texto de Edilson Teixeira (Ascom / Sespa)

Por Mozart Lira (SESPA)
RELACIONADOS

Mais Visualizados