sábado, junho 22, 2024

Polícia Civil debate enfrentamento à violência de gênero e ao feminicídio no Pará

Durante dois dias, policiais se qualificaram para acolher e atender com celeridade às vítimas desse tipo de violência

Mais de 50 agentes de várias unidades da Polícia Civil do Pará se reuniram na Delegacia-Geral para debater estratégias de enfrentamento à violência de gênero e ao feminicídio. O workshop, encerrado nesta sexta-feira (03), foi o primeiro de uma programação que será realizada pela Polícia Civil, a fim de mobilizar a sociedade em torno dos vários objetivos do Dia Internacional da Mulher, celebrado na próxima quarta-feira, 08 de Março.

Durante os dois dias, temas como desigualdade de gênero e violência, gestos simbólicos do feminicídio, técnicas periciais e o atual cenário deste tipo de crime no Pará foram abordados por especialistas da área de segurança pública, e no estudo científico sobre violência contra mulheres e de gênero. 

Responsável pela Diretoria de Atendimento a Vulneráveis, a delegada Ariane Melo frisou que o evento, além de oferecer capacitação, é também um chamado para reflexão e debate. “Quando nos reportamos a esta pauta, notamos que evoluímos, mas que ainda há muito para fazermos, principalmente no enfrentamento à violência que ainda é muito presente”, acrescentou.

O workshop avança nas políticas sociais destinadas a combater violência de gênero. Foto: Divulgação

Acolhimento – Ana Paula Chaves, da Delegacia de Atendimento à Mulher, em Belém, ressaltou que o workshop possibilitou um encontro importante para quem atua diariamente com o atendimento às mulheres. “Foi um encontro importante para qualificar as equipes que atuam nas delegacias da Mulher, visando ao atendimento de excelência às vítimas que nos procuram em busca de acolhimento e resolutividade dos casos”, informou Ana Paula Chaves. 

O delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende, frisou que o workshop foi o primeiro de uma série de ações programadas para a Região Metropolitana de Belém e o interior do Estado. “Este é um mês importante para nós. Por isso, mobilizamos nossas equipes para realizar ações em vários lugares de forma simultânea e levar a mensagem de que a Polícia Civil está atenta e atuante no enfrentamento aos crimes contra mulher e violência de gênero”, afirmou o delegado-geral.  

RELACIONADOS

Mais Visualizados