sexta-feira, junho 21, 2024

Hospital Regional do Sudeste do Pará se destaca em tratamento oncológico

Em Marabá, o novo serviço da unidade já atendeu cerca de 300 pacientes desde a entrega em abril deste ano.

Eurídes Martins das Neves, 84 anos, moradora de Jacundá, enfrenta batalha contra o câncer no Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá. Diagnosticada com câncer de pele, ela se prepara para cirurgia oncológica no nariz, etapa crucial em seu tratamento.

O Hospital Regional em Marabá se destaca como polo de excelência no atendimento oncológico na região de Carajás. Entregue em abril, o novo serviço já prestou assistência para cerca de 300 pacientes, fornecendo consultas especializadas e realizando cirurgias oncológicas com sucesso.

“Comecei a sentir um incômodo caroço no nariz, procurei ajuda médica, e após um exame de biópsia, foi detectado o câncer de pele. Fiquei assustada, mas minha família me deu todo o apoio. Quando soube que no Regional poderia fazer o tratamento, não hesitei em vir para cá, onde sempre fui bem atendida. Espero que, com a cirurgia, consiga finalizar o tratamento e seguir a vida”, explicou.

Marta Sousa, 47 anos, moradora de Marabá, é mais uma paciente beneficiada pelo novo serviço, ela expressou sua gratidão pelo atendimento. “O diagnóstico de câncer é sempre um choque, mas encontrei no hospital um grande suporte. A equipe é muito atenciosa e os recursos disponíveis são de qualidade. Graças ao tratamento, estou em recuperação e cheia de esperança”, destacou.

A nova ala do hospital oferece mensalmente consultas oncológicas, abrangendo especialidades como ginecologia, mastologia, entre outras, além de sessões de quimioterapia e cirurgias oncológicas. O espaço ocupa uma área de 418 metros quadrados e está equipada com consultório, sala de quimioterapia com 10 cadeiras, além de 20 leitos para internação e um leito de isolamento.

Qualidade e Humanização

O tratamento oncológico no Regional em Marabá, segue protocolos rigorosos baseados nas diretrizes internacionais e nacionais de combate ao câncer, que incluem uma série de etapas que visam não apenas tratar a doença, mas proporcionar uma qualidade de vida melhor para os pacientes. A unidade possui um Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP), que supervisiona a adesão aos protocolos e garante que todas as práticas sigam as normas de segurança e eficácia.

Aline Belutti, enfermeira responsável pela nova ala do hospital, destaca que adoção desses protocolos é essencial para garantir a eficácia do tratamento. “Seguimos padrões rigorosos que vão desde o diagnóstico precoce até o acompanhamento pós-cirúrgico. Cada paciente recebe um plano de tratamento individualizado, que pode incluir cirurgia, quimioterapia e suporte psicológico. A integração dessas abordagens nos permite oferecer um cuidado completo ao paciente”, enfatizou.

Segundo Flávio Marconsini, diretor-executivo do hospital, a dedicação e o compromisso da equipe são fundamentais para proporcionar um tratamento humanizado e eficiente aos pacientes. “Nosso objetivo é oferecer não apenas cuidados médicos de alta qualidade, mas suporte emocional e psicológico, essenciais para a recuperação e o bem-estar dos nossos pacientes. Acreditamos que essa abordagem integral é o diferencial que faz do nosso hospital um centro de referência no tratamento oncológico na região”, afirmou o diretor.

Perfil – O Hospital Regional do Sudeste do Pará pertence ao governo do Pará. É gerenciado pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Fonte: Plantão 24horas News – Ascom/HRSP

RELACIONADOS

Mais Visualizados