segunda-feira, maio 20, 2024

PRF apreende mais de 500 kg de drogas no primeiro trimestre de 2024

A rota frequente de passagem de entorpecentes é pelas estradas da região, como a BR-163 e a BR-230.

Na luta contra o avanço do crime organizado, a Polícia Rodoviária Federal de Santarém, no oeste do Pará, apreendeu 562 kg de drogas no primeiro trimestre de 2024. Os entorpecentes foram apreendidos em fiscalizações de rotina e operações nos municípios de Santarém, Altamira e Itaituba.

Conforme o chefe da 5ª delegacia da PRF em Santarém, Sidmar Oliveira, as quadrilhas têm se mostrado criativas na busca por novas estratégias de transporte de entorpecentes, tornando-se um desafio constante para as equipes de segurança pública.

A última apreensão de entorpecentes ocorreu na terça-feira (23), onde foi descoberto um carregamento de 100kg de drogas, oculto em pneus de um caminhão.

Ainda conforme Sidmar Oliveira, essa não foi uma ocorrência isolada. Os traficantes têm utilizado uma variedade de artifícios, incluindo eletrodomésticos como máquinas de lavar e televisores, para tentar suas atividades ilícitas durante o transporte. A rota frequente de passagem de entorpecentes é pelas estradas da região, como a BR-163 e a BR-230.

“Essa região se tornou um corredor do tráfico de drogas, com destinos que variam desde áreas centrais até o nordeste do país, e até mesmo para o exterior, como a Europa. Apesar das estratégias elaboradas pelos criminosos, estamos constantemente adaptando nossas táticas para identificar e interromper essas atividades ilegais”, destacou Sidmar.

De acordo com os dados da PRF, entre 2016 e 2024, mais de 5 toneladas de entorpecentes foram apreendidas, sendo a cocaína a substância predominante, com mais de 3 toneladas confiscadas. As operações têm se concentrado em áreas estratégicas como Santarém, Altamira e Itaituba, onde as atividades do crime organizado têm sido mais intensas.

“Estamos cientes das novas estratégias adotadas pelos criminosos e estamos trabalhando para conter seu avanço. Monitoramos de perto essas rotas e adaptamos nossas operações conforme necessário para garantir a segurança da população”, ressaltou.

Fonte: G1 Santarém

RELACIONADOS

Mais Visualizados